Avaliação dos indicadores da assistência pré-natal em unidade de saúde da família, em um município da Amazônia Legal

  • Marcela Souza Sotto Mayor
  • Sávia Denise Silva Carlotto Herrera Centro Universitario UnirG
  • Michelly Queren Araujo
  • Fernanda Martins dos Santos
  • Rhenan Vilela Arantes
  • Neilton Araujo de Oliveira

Resumo

Introdução: a estratégia de redes na perspectiva da gestão e das políticas públicas tem sido cada vez mais utilizada no Brasil, especialmente no setor saúde, o que torna indispensável à gestão a adoção de um método de avaliação do desempenho das mesmas. Para isso, a utilização de indicadores é fundamental e, como exemplo importante, o governo federal instituiu no país o Programa de Humanização no Pré-Natal e Nascimento (PHPN) e a Rede Cegonha (RC). Objetivo:  avaliar os indicadores de atenção preconizados pelo PHPN e pela RC e a adequação destes nos atendimentos de pré-natal realizados na Unidade de Saúde da Família (USF) João Manoel dos Santos, em Gurupi-TO, município da Amazônia Legal. Materiais e Métodos: estudo epidemiológico descritivo realizado pela atenção primária da saúde de Gurupi - TO. Foram avaliados prontuários e cartões de cinquenta gestantes que realizaram o Pré-natal no período de março de 2016 a novembro de 2017. Resultados: 46% das gestantes completaram o objetivo preconizado do programa de humanização do pré-natal e nascimento (PHPN), mas ao avaliar o componente básico da qualidade pré-natal proposto pelo Ministério da Saúde (MS), apenas 18% de todas as gestantes avaliadas apresentaram ‘classificação adequada superior’ e 24% tiveram ‘assistência adequada’, outros 24%, ‘intermediária’ e 34% ‘inadequada’. Conclusão: Além de aprimoramento das estratégias de captação precoce das gestantes, com conscientização e mobilização da população sobre a importância do acompanhamento do pré-natal, faz-se necessário um registro mais acurado dos dados desses serviços.

Publicado
2018-05-15
Como Citar
Souza Sotto MayorM., HerreraS. D. S. C., Queren AraujoM., Martins dos SantosF., Vilela ArantesR., & Araujo de OliveiraN. (2018). Avaliação dos indicadores da assistência pré-natal em unidade de saúde da família, em um município da Amazônia Legal. REVISTA CEREUS, 10(1), 91-100. Recuperado de http://ojs.unirg.edu.br/index.php/1/article/view/2079
Seção
Artigos