PESQUISA DE FUNGOS DERMATÓFITOS EM AMOSTRAS DE SOLO DE PARQUES RECREACIONAIS DA CIDADE DE ILHÉUS, BAHIA

  • Maria José Santos de Jesus Faculdade Madre Thaís
  • Zulane Lima Sousa Faculdade Madre Thaís

Resumo

Fungos dermatófitos são micro-organismos que degradam a queratina presente em substratos humanos e animais e a utilizam como fonte de nutrientes para o seu desenvolvimento, causando infecções denominadas dermatofitoses. Este estudo objetivou pesquisar fungos dermatófitos em amostras de solo de parques recreacionais da cidade de Ilhéus, Bahia. Foram coletadas três amostras de solo de cada um dos oito parques recreacionais localizados em diferentes zonas da cidade. Para o isolamento dos fungos foi utilizada a metodologia de iscas de unhas e cabelos descrita por Vanbreuseghem (1952). As coletas foram realizadas em oito ambientes diferentes utilizados como recurso de lazer para a população. Os critérios de seleção dos ambientes amostrados foram os de intenso fluxo de pessoas, animais e presença de lixo. Das 24 amostras analisadas, apenas 7,14% dos fungos encontrados estão associados com dermatofitoses. Os outros 92,85% pertencem à classe dos fungos saprófitas do solo, mas que podem causar dermatomicoses em pessoas com o sistema imunológico comprometido. Os resultados do presente estudo corroboram com outros trabalhos que demonstram a prevalência de fungos saprófitas presente em solos de locais públicos, salientando a necessidade de cuidados especiais com os frequentadores desses locais, sobretudo com as crianças, dado o risco de contrair micoses cutâneas.

Publicado
2020-04-04
Seção
Artigos