ANÁLISE EXPERIMENTAL DA PRODUÇÃO DE CONCRETO DE ALTA RESISTÊNCIA (CAR), UTILIZANDO MATERIAIS ENCONTRADOS NA REGIÃO DO ESTADO DO TOCANTINS

  • Adrielle, Michael Cardoso De Sousa, Caldeira

Resumo

Este trabalho tem como objetivo analisar o estudo no concreto convencional onde a ruptura ocorre geralmente na pasta de cimento, pois a aderência pasta-agregado é muito fraca, já no concreto de alta resistência (CAR) a mesma acontece no agregado, pois com adição de sílica e aditivo a zona de transição pasta-agregado fica bastante coesa. O concreto utilizado durante a pesquisa foi todo produzido com material da região do Estado do Tocantins, visando não somente a redução de custos, mas também sobre a ótica da otimização da mão de obra e melhor aproveitamento dos ambientes, assim tentar minimizar o consumo de material e consequentemente os impactos ambientas o emprego dos materiais utilizados encontrados na região, onde se tem um efeito significativo na resistência à compressão do CAR, chegando a ordem de 102 MPa aos 28 dias e o sistema de cura térmica apresentou resultado 11,1% melhor que o sistema de cura úmida com 3 dias de cura.

Publicado
2018-12-29
Como Citar
De Sousa, CaldeiraA. M. C. (2018). ANÁLISE EXPERIMENTAL DA PRODUÇÃO DE CONCRETO DE ALTA RESISTÊNCIA (CAR), UTILIZANDO MATERIAIS ENCONTRADOS NA REGIÃO DO ESTADO DO TOCANTINS. REVISTA CEREUS, 10(4), 267-283. Recuperado de http://ojs.unirg.edu.br/index.php/1/article/view/2492
Seção
Artigos