ASPECTOS DINÂMICOS E QUALITATIVOS DA POLÍTICA PÚBLICA MUNICIPAL DE FOMENTO AO COOPERATIVISMO.

  • KARITA CARNEIRO PEREIRA SCOTTA UNIRG

Resumo

Este artigo que tem como objetivo analisar a dinâmica institucional da política pública municipal de fomento ao cooperativismo, entre os anos de 2013 e 2017, no município de Gurupi-TO, especificamente avaliar qualitativamente a dinâmica institucional da política pública municipal para o cooperativismo com base na percepção dos gestores públicos, dirigentes e beneficiários em relação ao desempenho qualitativo da política pública municipal e identificar os desafios e propor diretrizes para a consolidação da gestão da política pública de fomento ao cooperativismo no município de Gurupi-TO. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, com coleta de dados via pesquisa bibliográfica e documental com realização de entrevistas semiestruturadas com ex-gestores e dirigente que participaram e participam da condução da referida política e com os beneficiários (pequenos produtores da agricultura familiar). Portanto, vislumbrou a convergência dos interesses da gestão pública com o cooperativismo local com destaque de elementos que podem contribuir para a consolidação da política pública de fomento ao cooperativismo no município proposto por meio da avaliação política considerando os aspectos da legitimidade do processo de elaboração das ações, a percepção dos beneficiários da política pública com a indicação dos benefícios e impactos na condução da política pública de fomento ao cooperativismo local.

Biografia do Autor

KARITA CARNEIRO PEREIRA SCOTTA, UNIRG
Advogada e Docente no Centro Universitario Unirg, Mestra em Gestão de Políticas Públicas pela UFT, Especialista em Direito Tributário (MBA/FGV-RIO) e em Gestão Pública pela UFT.
Publicado
2019-12-20
Seção
Artigos