USO DE FATORES DE CRESCIMENTO NO MICROAGULHAMENTO PARA TRATAMENTO DA ALOPÉCIA ANDROGENÉTICA

  • Kelle Maria almeida lima alves Centro universitário luterano de palmas
  • samira negreiros brandão Centro Universitario luterano de palmas

Resumo

Nos dias de hoje, a estética vem sendo cada vez mais procurada, por parte dos
homens, e alguns procedimentos estão sendo realizados em clínicas e consultórios
para o tratamento da alopecia androgenética (AAG). A alopécia androgenética é
resultado da estimulação dos folículos pilosos por hormônios masculinos
(testosterona) que começam a ser produzidos na adolescência. Uma alteração do
ciclo folicular, com encurtamento da fase anágena, é responsável pelo processo de
miniaturização do pelo. A técnica de microagulhamento se enquadra como um método
seguro, rápido e eficaz para tratamentos estéticos seja pela permeação de ativos ou
pela estimulação de colágeno e neovascularização. O microagulhamento pode ser
associado a fatores de crescimento, com uma importante ação angiogênese,
aumentando o processo microcirculatório local, ativando a divisão celular e
crescimento de novas células.

Publicado
2020-07-05