Simulação do Processo de Cristalização usando Métodos Numéricos Estocásticos

  • Fran Sérgio Lobato Faculdade de Engenharia Química, Universidade Federal de Uberlândia
  • Fabiano Fortunato Teixeira dos Santos

Resumo

Tradicionalmente, durante a simulação de sistemas de Engenharia e áreas afins, não se considera a presença de incertezas nas variáveis, nos parâmetros ou nos modelos que caracterizam o fenômeno em análise. Nesse contexto, deixa-se de avaliar a influência dessas incertezas nos perfis obtidos. Desde o ano de 1965, o interesse pela resolução de modelos estocásticos tem atraído a atenção da comunidade científica, visto que todo modelo fenomenológico apresenta, no mínimo, incerteza associada às hipóteses consideradas durante sua formulação. Diante do que foi apresentado, este trabalho tem como objetivo simular um processo de cristalização em que são consideradas incertezas na concentração de cristais. Para essa finalidade, consideram-se vários métodos numéricos estocásticos para a resolução do modelo matemático (balanço de massa e balanço populacional) que representa este processo. Inicialmente, estes métodos são aplicados a dois problemas matemáticos clássicos que apresentam solução analítica. A partir dos resultados obtidos, observa-se a qualidade da solução em função da qualidade do método numérico estocástico considerado.

Publicado
2020-10-16
Seção
Artigos