EXPERIÊNCIA PATERNA COM O RECÉM-NASCIDO A PARTIR DAS ORIENTAÇÕES DE ENFERMAGEM

  • Ricardo Cordeiro de Lima Universidade Paulista (UNIP), Campus Brasília
  • Ricardo Saraiva Aguiar Universidade Paulista (UNIP), Campus Brasília

Resumo

Objetivo: descrever a experiência paterna com o recém-nascido a partir das orientações de enfermagem. Métodos: trata-se de uma pesquisa de campo de natureza exploratória com abordagem qualitativa realizada por meio de questionário semiestruturado. O projeto de pesquisa foi submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Paulista – UNIP, sendo aprovado por meio do parecer nº 2.547.105 (CAAE 83687518.1.0000.5512). As respostas foram gravadas e transcritas na íntegra, sendo analisadas por meio da proposta de análise de conteúdo. Resultados: foram entrevistados 7 homens cujos filhos possuíam idade entre 1 a 4 meses de idade. Conclusão: os pais estiveram envolvidos de diversas maneiras durante a gestação de suas companheiras mostrando-se participativos. No entanto, alguns pais encontraram dificuldades para poder ofertar o cuidado continuado no lar à criança por falta de orientações dos profissionais de saúde. Diante deste fato, cabe a participação mais ativa do enfermeiro durante o pré-natal de modo a favorecer a inclusão dos pais nas atividades.

Publicado
2020-04-04
Seção
Artigos