COM OS PÉS NUM MUNDO NOVO: SAÚDE INDÍGENA NO DISTRITO SANITÁRIO ESPECIAL DO TOCANTINS

  • Rafael Souza Silva Instituição de Ensino Santa Catarina, IESC FAG Universidade Brasil - Faculdade de Colinas.

Resumo

A atuação da enfermagem abrange muitas áreas, e uma delas não menos importante, é a da saúde indígena, que é bem complexa por se tratar não só de saúde, mas questões étnico-culturais diferenciadas para cada lugar. Dessa forma, a intervenção da enfermagem nas áreas indígenas é de fundamental importância tendo em vista, a dificuldade em que estes têm desde o deslocamento para os locais de saúde até fatores culturais complexos que impedem de sair da aldeia. Contudo, a proposta deste estudo foi descrever a atuação do enfermeiro no atendimento de saúde dos Povos Indígenas do Distrito Sanitário Especial Indígena do Tocantins/DSEI-TO.

Biografia do Autor

Rafael Souza Silva, Instituição de Ensino Santa Catarina, IESC FAG Universidade Brasil - Faculdade de Colinas.
Graduado em Enfermagem pela Fundação UNIRG, Especialista em Urgências e Emergências, Mestrado Profissional em Promoção da Saúde pela UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo (Em curso). Possui experiência como Coordenador de Curso Técnico de Enfermagem, Supervisor de estágio e docente pela Escola Técnica Evangélica do Tocantins, Enfermeiro Plantonista no Hospital Municipal de Presidente Kennedy-TO e Gestor do Fundo Municipal de Saúde de Presidente Kennedy... Atualmente é supervisor de Estágio e docente da Faculdade Integrada de Ensino Superior de Colinas - UNIESP e Instituto Educacional Santa Catarina IESC/FAG.
Publicado
2020-04-04
Seção
Artigos