Atenção farmacêutica ao idoso: investigação sobre conhecimento e aplicação prática

  • Samya Ribeiro Rezende Universidade Brasil
  • Drielle Thainara Perez Paschoa Universidade Brasil
  • Fernando Aucco Marim Universidade Brasil
  • Danila Fernanda Rodrigues Frias Universidade Brasil

Resumo

A atenção farmacêutica consiste na interação direta do profissional farmacêutico com o usuário, para que o paciente receba uma terapia eficiente e segura. O objetivo deste trabalho foi caracterizar uma população idosa com relação ao uso de fármacos e avaliar seu conhecimento sobre atenção farmacêutica. Foi desenvolvido um questionário com perguntas relacionadas a atenção farmacêutica e o uso racional de medicamentos. Dentre os entrevistados, 71,2% eram mulheres, 57,5% com faixa etária entre 60-69 anos e 47,1% utilizavam anti-hipertensivos, 35,7% diuréticos e 24,3% antidepressivos. Dos participantes, 18,3% não sabiam qual a função dos medicamentos que ingeria e, afirmaram, 1,4% dos idosos, que faz uso de medicamento por indicação de parentes, e 11,3%, já se confundiu no momento da ingestão do fármaco. Na pesquisa 47,5% disseram não saber o que é atenção farmacêutica. A maioria dos idosos utilizam medicamentos diariamente e não contam com auxílio farmacêutico para auxiliar no uso, o que pode causar problemas por isso, a atenção farmacêutica torna-se imprescindível a esta população.

Publicado
2021-04-01
Seção
Artigos