Perfil de pacientes atendidos no ambulatório de nutrição de uma Clínica Escola em uma Universidade particular de São luís – MA

Resumo

É evidente o crescente número de doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs) na população. Dessa forma, a procura por atendimento nutricional tem aumentado. O estudo teve como objetivo identificar o perfil dos pacientes atendidos no ambulatório de nutrição de uma Clínica escola em uma Universidade particular de São Luís – MA. Trata-se de um estudo transversal com coleta de dados secundária ocorrida no período de Agosto a Setembro de 2019. Foram analisados 85 prontuários do ano de 2018 de pacientes de ambos os sexos e todas as idades, sendo excluídos prontuários com informações incompletas pertinentes a realização da pesquisa. Os dados foram transcritos para um protocolo previamente elaborado. Dos 85 prontuários avaliados, verificou-se que 54,1% eram adultos. A maior procura pelo atendimento nutricional foi do gênero feminino (74,1%). De acordo com os hábitos de vida, a maioria não consome álcool (72,9%) e tabagismo (98,8%). Quanto aos motivos pela procura de atendimento nutricional, foi observado que a maioria dos pacientes procurou atendimento para redução de peso (27,05%). O atendimento ambulatorial da clínica escola é fundamental para a população, pois pode proporcionar melhor qualidade de vida a essas pessoas através de ações de educação nutricional, visando à prevenção precoce de doenças crônicas não transmissíveis.

Publicado
2021-04-01
Seção
Artigos