Time-Varying Graphs e séries temporais: Análise do ensino de física nacional por meio de redes semânticas complexas

Resumo

Para o estudo de padrões emergentes em redes semânticas, as métricas pertencentes às redes sociais e complexas podem ser utilizadas. Este artigo tem como objetivo apresentar o método de construção e as análises das redes semânticas complexas formadas pelos títulos pertencentes às dissertações e teses defendidas em Ensino de Física no Brasil, entre os anos de 1972 a 2006. As análises ocorreram por meio das propriedades estatísticas das redes complexas, em redes estáticas. Encontrar os hubs e indicar as temáticas que nortearam o Ensino de Física no Brasil. As redes construídas apresentaram características híbridas, por meio do fenômeno mundo pequeno e livres de escala. Construímos e analisamos as redes baseadas em títulos por meio de um modelo computacional que evolua no tempo, por meio de um Time-Varying Graphs (TVG). Os resultados indicaram as variações temporais pelas janelas de tempo, anualmente, fornecendo indícios de como ocorreu a evolução da área de Ensino de Física no Brasil. Por fim, as análises de Teoria e Ciências das Redes, apresentaram-se como uma ferramenta robusta para analisar a evolução do Ensino de Física nacional.

Biografia do Autor

Jefferson Oliveira do Nascimento, Programa de Modelagem Computacional - CIMATEC, Salvador/BA

Realizou Pós-Doutorado em Sistemas Complexos (com pesquisas em Cenários Epidemiológicos - cujo o foco foi a disseminação do Coronavírus no Brasil) no CIMATEC, em Salvador/BA. Doutor em Modelagem Computacional e Tecnologia Industrial, na linha de pesquisa de Sistemas Complexos, também pelo CIMATEC. Mestre em Ciências Exatas (PPGECE/Rio Grande do Sul), onde desenvolveu pesquisas em Física (Modelagem Computacional, Simulação Computacional e Psicologia Cognitiva). Pós-graduado em Ensino de Física, pela Universidade Federal do Pará (2006) e também em Desenvolvimento de Sistemas Utilizando Software Livre, pela Universidade da Amazônia. É graduado em Licenciatura Plena em Física, pela Universidade Federal do Pará (2005). Atualmente é pesquisador na área de Sistemas Complexos, Teoria dos Grafos, Teoria de Redes, Cenários Epidemiológicos e Ensino de Física. É Referee (árbitro) ad-hoc da SBF (Sociedade Brasileira de Física) na área de pesquisa em Ensino de Física, do Encontro Científico de Física Aplicada da UFES (Universidade Federal do Espírito Santo); e da Revista de Periódicos Científicos Cereus. Pertence ao Núcleo de Pesquisa Aplicada e Inovação (NPAI) da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e de Fenômenos de Transporte (Supercondutividade) e Epidemiologia da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).  , Teoria dos Grafos e Teoria de Redes.

 
Hernane Pereira, CIMATEC/BA, UNEB

Hernane Borges de Barros Pereira concluiu o doutorado em Engenharia Multimídia pela Universitat Politècnica de Catalunya em 2002. Atualmente é Professor Pleno do Departamento de Educação da Universidade do Estado da Bahia e Professor Associado do Centro Universitário SENAI ClMATEC. É docente do Programa de Pós-graduação em Modelagem Computacional e Tecnologia Industrial e do Doutorado Multi-institucional e Multidisciplinar em Difusão do Conhecimento. É consultor ad-hoc do Ministério da Educação. Dentro do âmbito da ciência e tecnologia da informação e inovação, trabalha com temas como: redes sociais e complexas, difusão do conhecimento, engenharia de software, interação homem-computador, etc. usando técnicas de modelagem computacional. 

Marcelo Moret, CIMATEC/BA; UNEB

Possui graduação em Bacharelado em Física pela Universidade Federal da Bahia (1991), mestrado em Física pela Universidade Federal da Bahia (1996) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000). Atualmente é professor associado - SENAI - Departamento Regional da Bahia, professor titular da Universidade do Estado da Bahia e membro do comitê multidisciplinar da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Tem experiência na área de Física, com ênfase em Física Estatística e Termodinâmica, atuando principalmente nos seguintes temas: computação, protein folding, auto-similaridade, estatística de tsallis e generalized simulated annealing.

Joana Carvalho, CIMATEC/BA

Docente da UNISBA,desde 02/2018, no curso de Direito ministra Direito Tributário, e Prática Tributária, e no curso de Administraçāo ministra aula de Administração Contábil, Direito Tributário e do Trabalho e Direito Empresarial e do Consumidor. Ministrou aulas no Curso de Direito e Ciências Contábeis da Faculdade Dom Pedro II (2010-2017): Direito Tributário, Direito Administrativo, Direito Internacional, Direito Empresarial para Tecnólogo de Logística , Ministrou Direito do Petróleo e Gás, para o curso de Tecnólogo da Faculdade Dom Pedro II. DOUTORANDA na FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CIMATEC - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MODELAGEM COMPUTACIONAL E TECNOLOGIA INDUSTRIAL DOUTORADO-2017.1 Mestrado em Contabilidade pelo Centro de Pós Graduação e Pesquisa da Fundação Visconde de Cairu (2001). Graduação em Direito pelo Centro Universitário da Bahia (2008). Graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual de Feira de Santana (1992) e Pós-graduada em Direito Tributário -IBET-BA(2012.1), Pós -graduada pela ESCOLA DE MAGISTRADOS DA BAHIA -EMAB(2012.1), Pós graduada em Auditoria pelo Centro de Pós Graduação e Pesquisa da Fundação Visconde de Cairu(1998 a 1999), e Pós-graduada em Direito Administrativo na Faculdade Integrada.(2015-2016). Pós- graduanda em Especialização em Coaching - Faculdade Unyleya(2017.1) Sócia gerente da Galvão e Galvão Advogados Associados.Atuando na área jurídica e contábil.

Publicado
2021-04-01
Seção
Artigos