Avaliação da alteração de cor, inicial e tardia, de cimento resinoso fotopolimerizável

Resumo

Esse artigo tem como objetivo avaliar se a cor dos cimento resinosos fotopolimerizáveis Minikit Allceem Venner APS™ Variolink Veneer II™ diferem da cor do seus respectivos try-in após leitura imediata, e se diferem de si mesmos após 30 e 90 dias ativados. Foram confeccionados 10 espécimes em forma de disco de cada cor dos cimentos. As medições de cor foram realizadas utilizando um espectrofotômetro clínico VITA Easyshade Compact™. Os corpos foram submetidos à leitura de cor imediatamente após a sua confecção e comparados aos dados obtidos nas leituras de seus respectivos try-ins e então armazenados em água destilada a 37ºC. Foram realizadas novas leituras após 30 dias e 90 dias da primeira leitura imediata, os dados foram analisados ​​por análise de variância e diferença significante pelo teste. Os cimentos resinosos apresentaram alterações de cor, em relação ao seu respectivo try-in, na leitura de cor imediata e após 30 dias. Apenas o cimento Minikit Allceem Veneer APS™ de cor OW apresentou resultados não significativos em todos os parâmetros de avaliação. Os try-ins não se demonstraram confiáveis na simulação da cor do cimento resinoso e os cimentos resinosos apresentaram uma variação de cor considerável ao longo do tempo analisado.

Publicado
2022-07-07
Como Citar
de BastianiF. G., Muniz LoattA. H., Agner BusatoM. C., BernardonP., & LagusteraC. E. (2022). Avaliação da alteração de cor, inicial e tardia, de cimento resinoso fotopolimerizável. REVISTA CEREUS, 14(2), 167-181. Recuperado de http://ojs.unirg.edu.br/index.php/1/article/view/3740
Seção
Artigos