Atuação do Enfermeiro no Processo de Doação de Órgãos

Resumo

Introdução: A doação de órgãos é capaz de beneficiar várias pessoas, mas para que isso seja possível, toda a equipe, em especial a enfermagem, é responsável por prestar cuidados diretos ao paciente. Todos precisam estar qualificados a fim de prestar o melhor cuidado, para ocorrer uma doação com sucesso. Objetivo: Descrever a atuação dos profissionais enfermeiros em unidade de terapia intensiva (UTI) durante o processo de reconhecimento de um potencial doador até a confirmação do diagnóstico de morte encefálica, assim como avaliar o conhecimento prático-teórico sobre esse tema. Metodologia: Estudo descritivo, de abordagem qualitativa, com enfermeiros atuantes em UTI. A coleta foi realizada com questionário em relação à assistência, cuidados prestados durante o processo e se tiveram algum contato durante graduação. Resultados: Participaram dessa pesquisa 13 enfermeiros, atuantes na UTI, todos apresentaram ter conhecimentos básicos em relação aos cuidados, como sinais vitais a serem verificados, reflexos que são avaliados, entre outros cuidados. Eles comentaram também sobre como é tão pouco divulgado o assunto durante a graduação, como também, poucos receberam treinamento sobre o processo. Conclusão: Há uma necessidade de um preparo e qualificação desses profissionais, pois muitas vezes são eles que estarão a frente desse processo.

Palavras-chave: Cuidados de Enfermagem; Doação de órgão; Morte Encefálica.

Biografia do Autor

Maycon Hoffmann Cheffer, Centro Universitário Assis Gurgacz

Doutorando em enfermagem – UEM. Docente de enfermagem do Centro Universitário Assis Gurgacz – FAG.  

Jhenyfer Eduarda Rhoden, Centro Universitário Assis Gurgacz

Enfermeira. Centro Universitário Assis Gurgacz.

Ketlyn Mariana Ferraz Generoso, Centro Universitário Assis Gurgacz

Enfermeira. Centro Universitário Assis Gurgacz.

Betina Kromann Romero, Centro Universitário Assis Gurgacz

Discente de enfermagem. Centro Universitário Assis Gurgacz.

Adriana de Fátima Duarte Gonçalves, Centro Universitário Assis Gurgacz

Discente de enfermagem. Centro Universitário Assis Gurgacz.

Hugo Razini Oliveira, Centro Universitário Assis Gurgacz

Enfermeiro. Docente de enfermagem. Centro Universitário Assis Gurgacz.

Gilson Fernandes da Silva, Escola de Saúde Pública Municipal de Cascavel - Paraná, Brasil

Doutorando em Biociências e Saúde – UNIOESTE. Enfermeiro. Escola de Saúde Pública Municipal.

Rafaela Bramatti Silva Razini Oliveira, Centro Universitário Assis Gurgacz

Enfermeira. Docente de enfermagem. Centro Universitário Assis Gurgacz.

Publicado
2022-07-07
Como Citar
Maycon Hoffmann Cheffer, Jhenyfer Eduarda Rhoden, Ketlyn Mariana Ferraz Generoso, Betina Kromann Romero, Adriana de Fátima Duarte Gonçalves, Hugo Razini Oliveira, da SilvaG. F., & Rafaela Bramatti Silva Razini Oliveira. (2022). Atuação do Enfermeiro no Processo de Doação de Órgãos. REVISTA CEREUS, 14(2), 182-195. Recuperado de http://ojs.unirg.edu.br/index.php/1/article/view/3748
Seção
Artigos