Desafios para o controle da sífilis Congênita no Brasil

Resumo

Introdução: A sífilis congênita é uma doença infecciosa de origem crônica causada pela bactéria Treponema pallidum, sendo de notificação compulsória e teve aumentos surpreendentes nos últimos anos. Objetivo: apontar os desafios enfrentados ao longo dos anos no controle e combate à sífilis congênita no Brasil. Método: Revisão sistemática da literatura nacional. Os dados apresentados são oriundos de artigos publicados entre janeiro de 2014 a janeiro de 2019. A busca foi realizada nas bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS); Base de Dados da Enfermagem (BDENF); e SCIELO. Foram utilizados para cruzamento os seguintes descritores e respectivos operadores booleanos: "Sífilis" and "sífilis congênita" and "enfermagem. A amostra se compôs de 13 artigos julgados como de interesse para o estudo. Resultados e discussão: Fatores negativos foram observados, como: realização tardia dos exames, difícil acesso aos resultados, conhecimento deficiente por parte da população e também dos profissionais, assim como o aumento nos índices de SC tem se relacionado a maior eficácia dos registros nos sistemas de notificação. Considerações finais: para controle da Sífilis, portanto, faz-se necessário uma melhor cobertura por meio das ESF’s, testes rápidos de fácil acesso para a população, educação em saúde acerca do assunto.

Publicado
2022-07-07
Como Citar
Allana Petrúcia allana, Camila Rossana de Oliveira Souza, & Anajás da Silva Cardoso Cantalice. (2022). Desafios para o controle da sífilis Congênita no Brasil. REVISTA CEREUS, 14(2), 196-211. Recuperado de http://ojs.unirg.edu.br/index.php/1/article/view/3749
Seção
Artigos