Utilização de metilfenidato por usuários do sistema público de saúde em município da região Oeste do Paraná

Resumo

O consumo de metilfenidato tem aumentado a cada ano, e o Brasil é o segundo maior consumidor mundial. Este artigo tem como objetivo caracterizar a utilização de metilfenidato em um município da região Oeste do Paraná, a partir da dispensação do medicamento pela farmácia pública de medicamentos especiais. Estudo descritivo, explicativo, qualitativo com fontes documentais. Metilfenidato foi prescrito com maior frequência ao sexo masculino na faixa etária de sete a 16 anos; psiquiatras e pediatras que mais prescreveram; unidades especializadas e unidades básicas de saúde, as que mais solicitam o medicamento; principais diagnósticos para prescrição de metilfenidato foram TDAH, transtorno de ansiedade generalizada + TDAH e hiperatividade; antidepressivos sertralina e fluoxetina e o antipsicótico risperidona foram os mais dispensadas em conjunto com o metilfenidato; a dose de metilfenidato 10 mg é a mais prescrita; maior frequência de retirada do medicamento foi de um mês, com maior retirada nos meses de agosto, setembro, outubro e novembro. Evidencia-se o aumento dos casos diagnosticados de TDAH e a prescrição do medicamento; contudo, não se pode afirmar que haja o respectivo aumento do consumo, pois a maior frequência de retirada é de um mês, o que mostra descontinuidade ou irregularidade no uso da medicação.

Biografia do Autor

Maycon Hoffmann Cheffer, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste

Mestre em Biociências e Saúde. Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste.          

Rosa Maria Rodrigues, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste.

Doutora em educação. Docente do programa de mestrado em Biociências e Saúde da Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste.

Solange de Fátima Reis Conterno, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste. 

Doutora em educação. Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste. 

Ireni Marilene Zago Figueiredo, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste.

Doutora em educação. Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste.

Rogério Dias Renovato, Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul - UEMS.

Doutor em educação. Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul - UEMS.

Publicado
2021-07-05
Como Citar
Hoffmann ChefferM., Maria RodriguesR., de Fátima Reis ConternoS., Marilene Zago FigueiredoI., & Dias RenovatoR. (2021). Utilização de metilfenidato por usuários do sistema público de saúde em município da região Oeste do Paraná. REVISTA CEREUS, 13(2), 230-244. Recuperado de http://ojs.unirg.edu.br/index.php/1/article/view/3471
Seção
Artigos